Header

Em audiência pública para discutir as ações da Rumo, concessionária que opera a malha ferroviária que cruza o município de Morretes, realizada no Salão Paroquial da Igreja Matriz,  o prefeito Osmair Costa Coelho (Marajá), criticou o descaso da empresa com a cidade e disse que Morretes não pode ficar sem os trens de turismo durante a semana, o que provocaria vários prejuízos ao comércio e ao turismo em geral.

O Prefeito  Marajá, esteve em Brasilia na ANTT – Agência Nacional de Transportes -para discutir o caso da Rumo, afirmou que a empresa tem que entender que a contrapartida que ela pode dar ao município pela poluição sonora, ambiental e transtornos com manobras em vias públicas, é manter o trem de turismo durante toda a semana.

Na audiência, chamada pelo Ministério Público, em conjunto com a Prefeitura Municipal, os participantes disseram que a Rumo tem que respeitar a história e memória da cidade que começaram com o trem.Além da volta do trem, a população e autoridades querem mais apoio da Rumo para o município e transferência das áreas de manobras para outra localidade

Cleomar Diesel

1