Header

Ações de assistência social também chegam às ilhas afastadas

Mesmo os moradores de ilhas afastadas do continente são atendidos com ações e programas de assistência social no Litoral do Paraná. Os repasses aos sete municípios que compreendem a regional de Paranaguá somam R$ 10,5 milhões. Além da cidade-sede, fazem parte da regional Antonina, Morretes, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná.

Guaraqueçaba, município com aproximadamente 8 mil habitantes, tem cerca de 3 mil moradores nas ilhas. Apresenta índice de desenvolvimento humano (IDH) de 0,587, considerado médio, e tem famílias de baixa renda que moram em comunidades distantes da área urbana.

Para que essas famílias tenham acesso aos serviços básicos de assistência social, o Governo do Estado já repassou ao município R$ 1,7 milhão. Foi entregue uma van adaptada do programa Família Paranaense e, por meio dos incentivos do programa, adquiriu um veículo para uso da equipe técnica.

NO MAR – Guaraqueçaba recebeu um barco, do tipo voadeira, para visitar as famílias atendidas pelo programa e que residem em ilhas. O município é prioritário do Família Paranaense e já acessou R$ 118,1 mil em incentivos financeiros para a área de assistência social.

As ações para beneficiar as populações daquela região não param por aí. A secretária de Ação Social do município, Giselle Sarubbi, explica que o acompanhamento às famílias é constante, oferecendo orientações sobre vários temas, desde o fortalecimento de vínculos até ações de saúde, educação e agricultura familiar.

“Para este ano, pretendemos implantar um projeto de atendimento aos serviços de fortalecimento de vínculos no contraturno escolar. Também planejamos instalar um posto fixo, em ponto estratégico, para dar suporte às famílias acompanhadas pelo serviço de Proteção e Atendimento Integral e que vivem nas comunidades insulares”, destaca a secretária.

 

1