Header

Como parcelar em até 60 vezes os débitos do MEI em atraso

 

O Paraná é o quarto estado com o maior número de Microempreendedores Individuais, totalizando 445 mil. Formalizar um negócio como MEI é fácil, e o trabalhador passa a contar com vários benefícios

Porém, muitos microempreendedores deixam de pagar as parcelas mensais obrigatórias, situação que pode resultar no cancelamento automático do MEI, e os débitos continuam em aberto.

No Portal do Empreendedor, é possível parcelar em até 60 vezes (parcela mínima de R$ 50) os débitos do MEI em atraso.

 Os microempreendedores individuais (MEI) que estão com o CNPJ suspenso por inadimplência fiscal poderão regularizar a situação junto a Receita Federal até o dia 23 de janeiro de 2018, evitando a baixa definitiva (cancelamento do registro empresarial) e a entrada na ilegalidade.

Com a média da inadimplência dos MEI passando de 50% em toda a categoria no país, em setembro de 2017 vários deles tiveram o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) suspensos por não estarem em dia com o pagamento de taxas à Receita Federal.A sanção foi aplicada depois de várias tentativas de regularização. Para evitar o cancelamento definitivo do registro, os MEI terão a última chance de se regularizar até o dia 23 de janeiro.

Cleomar Diesel

1