Header

Coordenação do Verão Paraná 2017/2018 faz balanço das ações de governo durante a temporada

 

 

A Coordenação Geral do Verão Paraná 2017/2018  – divulgou, numa coletiva de imprensa na Delegacia Cidadã de Matinhos, nesta segunda-feira (1º/01) o balanço dos primeiros 10 dias de trabalho na Costa Leste.

O litoral paranaense, esta batendo todos os recordes de público . De acordo com informação do próprio coordenador da Operação Verão,  no réveillon, Guaratuba teve a maior participação  de público 830 mil ,Matinhos 450 mil, Pontal 200 mil e Paranaguá 36 mil.

Um dado importante; mesmo  com todo este aumento de frequentadores, houve redução de 23,2% no índice de roubos, de 8,8% de furtos (crimes contra o patrimônio), aumento no número de Termos Circunstanciados por perturbação do sossego (8%) e de prisões (126,3%). Estiveram presentes no Litoral durante a virada mais de 1,5 milhão de pessoas que puderam contar com os serviços do Governo do Estado nas áreas de segurança pública, saúde, saneamento e proteção ambiental.

“O planejamento feito pela Coordenação Geral do Verão Paraná 2017/2018, em parceria com os outros órgãos e prefeituras, proporcionou excelência no trabalho e garantiu aos cidadãos uma festa sem ocorrências graves e o atendimento às necessidades básicas dos veranistas por parte dos nossos integrantes. Até o momento o balanço é positivo devido o empenho de todas as áreas do Governo e da participação da população”, salientou o Coordenador Geral do Verão Paraná 2017/2018, coronel Elio de Oliveira Manoel.

 

 

POLÍCIA MILITAR – Na área de segurança pública, o secretário Chefe da Casa Militar e Coordenador Geral do Verão Paraná 2017/2018, coronel Elio de Oliveira Manoel, destacou que as ações da Polícia Militar, desde o dia 21 de dezembro até esta segunda-feira (1º/12), apontam a queda nos roubos em comparação com a última temporada (de 56 casos para 43) e o aumento de pessoas encaminhadas (de 114 saltou para 258). “A Polícia Militar e a Polícia Civil estão atuando de maneira integrada para melhorar a segurança pública e proporcionar tranquilidade aos veranistas”, complementou.

Segundo o Chefe do Estado Maior do 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), tenente-coronel Maurício de Moraes, as reduções também se devem ao planejamento feito pela PM com a aplicação dos recursos humanos e materiais necessárias para atender a população durante a temporada de verão. “Tivemos uma redução nas ocorrências em comparação com o ano passado, percebemos ainda que os policiais militares foram bem recebidos e que a Polícia Militar realmente é patrimônio dos paranaenses”, explicou.

REVEILLON – O planejamento de segurança foi delineado pelo 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), e contou com a aplicação total de todo o efetivo da unidade, incluindo as equipes de reforço do Verão Paraná 2017/2018.  Durante o Réveillon, foram utilizadas viaturas, equipes de motos e os módulos móveis da PM distribuídos em pontos estratégicos para atender as demandas que surgissem em meio ao público. Os trabalhos tiveram o apoio das equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), da Diretoria de Tecnologia e Qualidade (DDTQ), e de outras unidades especializadas.

Durante a operação os militares estaduais tiveram o apoio do monitoramento da Plataforma de Observação Elevada (POE) em Matinhos, e do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM) em Guaratuba, ambos pertencentes à DDTQ e que auxiliaram no acompanhamento de todo o público que esteve nas praias para festejar o Ano Novo. As plataformas contam com câmeras de alta definição que conseguem operar em locais com baixa luminosidade e podem indicar pontos em que haja pessoas suspeitas ou o início de tumultos entre os veranistas.

O reforço de policiamento não se ateve somente a orla, mas abrangeu outras regiões das cidades litorâneas e também as rodovias estaduais. A presença das equipes resultou na maior apreensão de drogas até o momento do Verão Paraná 2017/2018 na Rodovia Alexandra-Matinhos. Dois adultos e uma adolescente foram flagrados num Toyota Etios com mais de meio quilo de maconha, 200 comprimidos de ecstasy, 193 porções de cocaína, além de um revólver de calibre .38.

CORPO DE BOMBEIROS – Desde o início do Verão Paraná 2017/2018 o Corpo de Bombeiros colocou à disposição da população mais de 660 bombeiros militares, dos quais 350 são guarda-vidas, para suprir a demanda principalmente de atendimentos pré-hospitalares e afogamentos. Também conta com 89 postos distribuídos na orla.

Na temporada passada, no mesmo período, houve 13.159 orientações e agora 14.897 (+13,21%), 5.359 advertências naquela e 8.478 nesta (+58,20%), 127 crianças perdidas na última e 164 nesta (+29,13%) e 185 afogamentos naquele período contra 389 (+110,27%). Os casos de queimaduras por água viva caíram 93,91% (de 3.187 para 194).

Dos 350 afogamentos registrados desde o último 21 de dezembro, dois tiveram apoio da aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). Também houve dois casos de óbitos (um achado de cadáver e um afogamento em uma área fora da cobertura de guarda-vidas).

“A elevação está ligada ao aumento populacional nas praias que já era esperado pelo Corpo de Bombeiros. A ingestão de bebida alcoólica em excesso antes do banho de mar contribui para os acidentes, pois as pessoas acabam não percebem os riscos e acabam se sujeitando ao perigo”, destacou o Comandante do 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB) e Coordenador Operacional do Verão Paraná 2017/2018 pelo Corpo de Bombeiros no Litoral, tenente-coronel Jair Pereira.

RODOVIAS – Os integrantes da 1ª Companhia do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) estiveram nos quatro postos distribuídos no Litoral para fiscalizar o tráfego, evitar acidentes de trânsito e coibir o excesso de velocidade e a embriaguez ao volante. Desde o dia 21 de dezembro até às 8 horas desta segunda-feira (1º/01) foram registrados 31 acidentes de trânsito com 19 feridos, além 2.087 abordagens a veículos nas rodovias estaduais, 985 autuações de infração de trânsito e 1.662 imagens por excesso de velocidade. Não houve nenhum óbito até agora.

Somente nas 24 horas do Réveillon houve 12 acidentes com 11 feridos, 393 autuações por infração de trânsito e 464 imagens por radar. Em comparação com 2016 houve queda de 29,41% nos acidentes (17 para 12), aumento de 10% de feridos (de 10 para 11) e aumento de 13,26% no índice de autuações (de 347 para 393). Houve ainda redução de 73,04% nas imagens por radar (de 1721 para 464).

AMBIENTAL – Durante as últimas 24 horas de Réveillon o Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb-FV) atendeu 41 ocorrências, das quais seis são sobre pesca irregular de camarão, em toda a faixa litorânea no Ano Novo. “Ao todo apreendemos quase 200 metros de redes de pesca nas baías do nosso Litoral”, disse o Comandantes da 1ª Companhia do BPAmb-FV, capitão Durval Tavares Júnior.

POLÍCIA CIVIL – Mesmo com o fluxo intenso de pessoas pelos balneários de Matinhos, Pontal do Paraná e Guaratuba durante o Verão Paraná 2017/2018, a Polícia Civil contabilizou a queda na incidência de crimes contra o patrimônio (roubo e furto) e aumento nas prisões em flagrante em comparação com a temporada anterior.

“Tivemos uma queda de 26% nos crimes patrimoniais em relação ao ano anterior, bem como tivemos aumento de 38% de prisões em flagrante em razão do aumento das atividades preventivas das forças policiais”, disse o Coordenador do Verão Paraná 2017/2018 pela Polícia Judiciária, delegado Miguel Stadler.

SANEPAR – Durante o Réveillon os serviços da Sanepar funcionaram dentro da normalidade, sem registros de falta de água ou acidentes no Litoral. Os programas sociais – Projeto Chuá e o programa de acessibilidade ao mar por meio das cadeiras anfíbias – foi largamente utilizado pelos banhistas ao longo do dia e obteve elogios da população. As equipes que atuam na limpeza das areias foram empregadas para retirar o lixo ocasionado pela concentração de pessoas nos calçadões e na areia da praia.

SAÚDE – Pela 1ª Regional de Saúde, coordenada por Ilda Nagafuti, a maior parte dos encaminhamentos às unidades foi de pessoas embriagadas ao excesso, bem como de acidentes de trânsito envolvendo motociclistas. Houve reforço com três ambulâncias para atender matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná durante a virada de ano. “Estamos com uma tenda de Guaratuba e os nossos profissionais já atenderam 1.119 pessoas desde o início do Verão Paraná 2017/2018, oferecendo orientações e verificações com testes rápidos”, afirmou.

 

Cleomar Diesel com Verão Paraná

1