Header

Festilha, em São Francisco do Sul, relembra tradições açorianas

A 30ª edição da Festilha, festa que celebra a tradição açoriana, termina na noite deste domingo (15) em São Francisco do Sul  , Norte do estado. Um dos destaques é a culinária portuguesa. Haverá também shows, artesanato, constatação de histórias e apresentações folclóricas.

A festa ocorre no Centro Histórico das 10h às 22h neste domingo.

Tradição

Não é só nos casarões que se guarda a história de São Francisco do Sul. A terceira cidade mais antiga do Brasil mantém até hoje nos hábitos a influência da colonização.

“Nós temos aqui ainda questões ligadas ao linguajar. Tipo assim: ‘farinha pouca, meu pirão primeiro’, ‘nem tudo que reluz é ouro’, ‘puxar a brasa para a sua sardinha'”, relatou a diretora da Fundação Cultural Ilha de São Francisco do Sul, Andréa de Oliveira.

A Festilha é a volta do município às origens, à relação da cidade com a Baía da Babitonga e às primeiras navegações.

A culinária típica é uma mistura das influências indígena com a europeia. A cambira, por exemplo, um prato à base de peixe, passou por adaptações ao longo dos séculos. Foram os índios que descobriram que se podia conservar o peixe secando sob o sol.

O pirão com linguiça é sucesso absoluto na festa. “O pirão faz parte da tradição da Festilha. O pirão com linguiça é um prato que não pode faltar”, declarou a visitante Fernanda Virgílio Poli.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1