Header

Governo do Estado apresenta projeto de nova ferrovia e lança Procedimento de Manifestação de Interesse, na semana que vem, em São Paulo

(CD)

O Governo do Paraná realiza na terça-feira da semana que vem, em São Paulo, um evento para a apresentação da proposta de construção de um novo ramal ferroviário para facilitar o escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste brasileiro pelo Porto de Paranaguá.

O novo trecho ferroviário, de cerca de mil quilômetros, vai ligar a região de Dourados, no Mato Grosso do Sul, ao Litoral paranaense. O valor estimado para a construção da ferrovia é de 10 bilhões de reais. O governador Beto Richa ressaltou que a nova estrada de ferro é uma iniciativa para expansão e modernização da infraestrutura ferroviária do Paraná e estratégica para o desenvolvimento do Estado.

O governador ainda enfatizou que grandes investimentos foram realizados pelo Governo do Estado no Porto de Paranaguá, e que ele está preparado para expandir ainda mais as suas atividades. Para a execução do projeto do novo ramal, o Governo do Paraná vai lançar um Procedimento de Manifestação de Interesse. Trata-se de um edital público de chamamento destinado a empresas interessadas na elaboração de estudos técnico-operacionais, econômico-financeiros e ambientais para a construção e exploração de serviços ferroviários. O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, reforça que o Estado investiu muito na melhoria das condições logísticas para garantir a competitividade da indústria, comércio e do agronegócio paranaenses e que a melhoria da malha ferroviária é essencial neste processo.

O trecho 1 da nova ferrovia vai ligar Guarapuava ao Porto de Paranaguá e deverá ter 400 quilômetros de extensão. O trecho 2, que já é uma concessão da Ferroeste, será a extensão da linha de Guarapuava até Dourados, no Mato Grosso do Sul, passando por Guaíra, no Paraná, com a construção de mais 350 quilômetros de trilhos. O projeto prevê ainda a revitalização do traçado de 250 quilômetros já existente e operado pela Ferroeste entre Guarapuava e Cascavel.

1