Header

Incentivos possibilitarão a construção de 120 novas moradias populares em Guaratuba

 

(CD)

O Governo do Paraná fornecerá benefícios para a construção de 120 casas populares em Guaratuba. Os detalhes foram discutidos em um encontro na segunda-feira (04) entre o diretor de Regularização Fundiária da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, e o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus, e representantes da Caixa Econômica Federal.

    Serão atendidas famílias com renda mensal de até R$ 1.800, que pagam aluguel ou residem em condições irregulares na cidade. “São investimentos expressivos que permitirão a melhoria da qualidade de vida da população de Guaratuba a partir da realização do sonho da casa própria”, avalia o prefeito Roberto Justus.

    Os recursos para a construção dos empreendimentos, divididos em duas etapas, foram liberados recentemente pelo governo federal. Os projetos, com 72 e 48 unidades cada, foram selecionados dentro do chamamento público aberto pelo Ministério das Cidades e receberão investimentos de R$ 8,6 milhões do programa Minha Casa Minha Vida.

     Parcerias do Estado e prefeitura foram diferencial

    Para aumentar as chances de escolha, o Governo do Estado e a Prefeitura de Guaratuba ofereceram benefícios dentro do projeto, apresentado em parceria com a iniciativa privada. As propostas que continham a previsão de contrapartidas estaduais e municipais tinham prioridade nos critérios do Governo Federal.

     Os incentivos incluem a assessoria técnica da Cohapar e parcerias da Copel e Sanepar para a instalação dos sistemas de energia elétrica, água e esgoto através do programa Morar Bem Paraná. As intervenções ajudam a reduzir os custos do projeto e facilitam a aquisição das casas pela população local.

 Com os aportes, as famílias beneficiadas pagarão prestações que vão de R$ 80 até R$ 270 ao mês durante dez anos de financiamento, o equivalente a cerca de 10% do valor do imóvel.

 Segundo o diretor Nelson Justus, “a equipe da Cohapar está a disposição das prefeituras para dar todas as orientações sobre esses projetos tão esperados pelos moradores de todo o Paraná”, afirma.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1