Header

Mais de 200 famílias de insetos são registradas em reserva no Litoral

Segundo o livro “Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia”, existem 737 famílias de insetos conhecidas no Brasil. Mais de 200 delas podem ser encontradas na Reserva Natural Guaricica, no município de Antonina, litoral do Paraná. A constatação foi feita por professores e alunos do programa de pós-graduação em Entomologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os animais foram capturados durante uma aula da disciplina de Entomologia de Campo e identificados posteriormente pelos pesquisadores.

O professor John Lattke explica que a grande quantidade de famílias capturadas em apenas quatro dias dá uma dimensão da diversidade biológica de uma área bem conservada de Mata Atlântica e que, entre os insetos encontrados, pode haver espécies ameaçadas e até mesmo algumas ainda desconhecidas pela ciência. “Todos os anos temos surpresas maravilhosas na Reserva Guaricica”, comemora Lattke.

A Reserva Natural Guaricica protege 8,7 mil hectares de vegetação nativa do bioma Mata Atlântica. Segundo o entomologista, essa extensão de área protegida é importante para a realização das pesquisas, devido à diversidade de ambientes dentro dessa unidade de conservação. Os pesquisadores encontraram também espécies que atestam a conservação dos ecossistemas dentro da reserva: “Entre os exemplares capturados, há, por exemplo, algumas espécies de libélula que são indicadores importantes para a qualidade da água”, diz Lattke.

A reserva, administrada pela Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS), está localizada no maior remanescente contínuo do bioma Mata Atlântica. “O grau de conservação da área nos dá chances de encontrar e estudar espécies raras, que não são vistas na maioria dos outros locais”, comenta Gabriel Melo, também entomologista da UFPR.

Os exemplares recolhidos pelos alunos foram preparados para armazenagem na universidade e vão ficar à disposição de professores e alunos para serem estudados em suas pesquisas futuras.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1