Início Cidadania A emocionante história entre uma árvore e uma colcha em Guaratuba

A emocionante história entre uma árvore e uma colcha em Guaratuba

733

Quarta-feira, 6 de março de 2019, um câncer no fígado tirou prematuramente a vida de Eliane Marcela Dalbello Cardoso, de 55 anos, ex-presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, em São Francisco do Sul-SC.

Um ano antes, Eliane descobriu o câncer no intestino que, rapidamente, espalhou para o fígado. Como presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Eliane ministrava diversas palestras sobre o assunto em emissoras de rádio, televisão e comércios catarinenses.

Durante seu tratamento, Eliane começou a produzir uma colcha de crochê para deixar sua cama mais colorida. Sem ser terminada, a colcha veio para no Centro de Conivência da Terceira Idade de Guaratuba, como conta sua mãe, Ernesta Viel Dalbello, de 84 anos, frequentadora do local há mais de 12 anos.

Ernesta, que também teve câncer em 2016, fez sua última sessão de quimioterapia em maio de 2019. Além dos momentos que dona Ernesta guarda de sua filha caçula, a colcha também serve de recordação e homenagem à Eliane. A manta foi concluída pelas crocheteiras do Centro de Convivência da Terceira Idade e agora reveste uma árvore que fica bem em frente ao local.

Eduardo Dalbello, de 86 anos, é o pai de Eliane e também é frequentador do Centro de Convivência. Ele conta que ficou muito emocionado com a homenagem feita à sua filha. Segundo ele, o gesto foi inesperado.

Para dona Ernesta só resta agradecer todos os envolvidos na homenagem. Ela ainda deixa um recado para que as pessoas cuidem da colcha.