Início Geral Após macaco morto, profissionais da saúde tiram dúvidas sobre a Febre Amarela

Após macaco morto, profissionais da saúde tiram dúvidas sobre a Febre Amarela

233

Após um macaco ser encontrado morto na quinta-feira (21), na estrada rural do Descoberto, as especulações se a Febre Amarela chegou na cidade aumentaram. Uma contaminação pela doença está sendo estudada.

Os 12 casos confirmados da doença estão em Antonina, Morretes, Adrianópolis, Campina Grande do Sul, Curitiba, Piraquara e São José dos Pinhais. Há um óbito confirmado no Paraná por febre amarela, na primeira semana de março (6), tendo com residência e local provável de infecção o município de Morretes.

A equipe da Secretaria de Saúde esteve presente no Jornal da Litorânea, na manhã desta segunda-feira (25), para tirar todas as dúvidas sobre a doença. O secretário Gabriel Modesto e os diretores das Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária, Vânia Azambuja Borges e Hermínio Molinari falaram sobre o assunto.