Início Esportes

Athletico luta por prêmio de R$ 6,7 milhões na Copa do Brasil

O Athletico Paranaense enfrenta nesta quarta-feira (dia 10) o Flamengo, na Arena da Baixada, na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A partida de volta será em 17 de julho no Maracanã. Quem avançar pega o vencedor de Bahia x Grêmio na semifinal e coloca mais R$ 6,7 milhões nos cofres.

A premiação acumulada pelo Athletico na Copa do Brasil é de R$ 5,6 milhões: R$ 2,5 milhões pelas oitavas de final e R$ 3,1 milhões pelas quartas. O prêmio na semifinal é de R$ 6,7 milhões. Ou seja, se passar pelo Flamengo, o Furacão vai acumular R$ 12,3 milhões. Quem perder a final, recebe mais R$ 21 milhões. O campeão fatura R$ 52 milhões adicionais.

O adversário do time paranaense nesta quarta-feira é o segundo elenco mais caro do Brasil, avaliado em R$ 414 milhões pelo site Transfermarkt.de. Os jogadores mais valiosos são o atacante Gabigol (R$ 55 milhões), os meias Arrascaeta (R$ 55 milhões) e Everton Ribeiro (R$ 42 milhões) e o ponta Vitinho (R$ 34 milhões).

O Athletico é o 12º elenco mais valioso do país, avaliado em R$ 154 milhões pelo Transfermarkt.de. O mais caro é o volante Bruno Guimarães (R$ 22 milhões).

ESCALAÇÃO
O técnico Tiago Nunes não deu pistas sobre a escalação. O zagueiro Lucas Halter é uma dúvida. Ele se recupera de lesão. Se não tiver condições, o único substituto da posição é Robson Bambu. Outra dúvida é a utilização do meia-atacante Nikão, que pode ser vendido ao Baniyas, dos Emirados Árabes. Seguem afastados por doping o volante Camacho e o zagueiro Thiago Heleno.

No meio-campo, continua a disputa por posições entre Lucho González e Bruno Nazário. Tiago Nunes vem utilizando um esquema tático variável, que defende no 4-2-3-1 e ataca com oscilações entre o 3-4-3 e o 4-1-4-1.

ADVERSÁRIO
O Flamengo estreia o técnico português Jorge Jesus e o lateral-direito Rafinha (33 anos, ex-Coritiba e Bayern Munich). O meia Everton Ribeiro, ainda sem condicionamento ideal, começa no banco. A novidade é o esquema tático 4-1-3-2, com Diego, Arrascaeta e Vitinho formando o trio de meias.

RETROSPECTO
Athletico e Flamengo já se enfrentaram 57 vezes por competições oficiais. Foram 23 vitórias do time paranaense, 21 da equipe carioca e 13 empates.

Na Copa do Brasil, o único confronto entre os dois foi em 2013, na grande final. Houve empate no jogo de ida, em 1 a 1, na Vila Capanema. A Arena da Baixada passava por obras para a Copa do Mundo de 2014. Na partida de volta, no Maracanã, o Flamengo venceu por 2 a 0 e ficou com o título.

FATOR DE CAMPO
O mando de campo sempre teve grande influência nos duelos entre esses dois times. Como mandante, o Athletico somou 17 vitórias, 11 empates e 2 derrotas contra o Flamengo. Quando jogou em casa, o time carioca teve 18 vitórias, 2 empates e 6 derrotas contra o Furacão.

ATHLETICO x FLAMENGO
Athletico: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Lucas Halter (Robson Bambu) e Márcio Azevedo; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão (Marcelo Cirino), Bruno Nazário (Lucho González) e Rony; Marco Ruben.
Flamengo: Diego Alves, Rafinha, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Diego, Vitinho e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Local: Arena da Baixada, quarta-feira às 21h30