Início Esportes Athletico perde para o invicto Palmeiras e amplia jejum fora de casa

Athletico perde para o invicto Palmeiras e amplia jejum fora de casa

34

O Athletico Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras, nesse sábado (dia 8) à tarde, em São Paulo, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 10º lugar, com 10 pontos. A equipe paulista segue na liderança, com 22 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O resultado ampliou um jejum. O time principal do Athletico segue sem vencer fora de casa em 2019, agora com dois empates e sete derrotas.

O Palmeiras chegou agora à marca de sete vitórias seguidas e 14 jogos consecutivos sem perder. Contando apenas o Brasileirão (2018/19), o time paulista completou 32 rodadas seguidas sem derrotas.

ESCALAÇÕES
O time teve três alterações em relação ao último jogo. Com desgaste físico acumulado, Marco Ruben não viajou a São Paulo. Lucho González e Lucas Halter começaram no banco. As novidades foram Thonny Anderson, Léo Cittadini e Paulo André. O técnico Tiago Nunes segue sem contar com Renan Lodi, convocado para a seleção pré-olímpico e barrado pela CBF, além de Thiago Heleno e Camacho, envolvidos em caso de doping. O esquema tático foi o 4-1-4-1, com Wellington como único volante. A linha de quatro tinha Nikão (esquerda), Rony (direita), Bruno Guimarães (centro) e Léo Cittadini (centro). O Palmeiras não tinha Gustavo Gómez e Willian. Felipão usou o 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
Mesmo modificado e jogando fora de casa, o Athletico conseguiu equilibrar o jogo no primeiro tempo. Os avanços dos laterais e os passes de Bruno Guimarães foram as principais armas nesse período. Nikão também se destacou, aberto na esquerda. O Palmeiras forçou o jogo no centroavante Deyverson e levou perigo. Foram quatro boas jogadas ofensivas para cada equipe nessa primeira etapa.

A EXPULSÃO QUE NÃO FOI
Aos 39, Madson cruzou a bola para a área. Nikão escorrega e acaba atingindo com o pé o rosto do goleiro Weverton. O árbitro mostra o cartão vermelho. Ele vai até o monitor do VAR e decide retirar o vermelho e aplicar apenas amarelo.

SEGUNDO TEMPO
O Palmeiras voltou com tudo e sufocou o Athletico, que não conseguiu sair da defesa e passou por dificuldades. Aos 13, a primeira substituição no Athletico. Saiu Thonny Anderson e entrou Marcelo Cirino. Aos 16, Léo Pereira saiu lesionado. Entrou Lucas Halter. Foram cinco boas jogadas do time paulista nos primeiros 34 minutos, período em que o Furacão praticamente só se defendeu. O gol só veio aos 34, em pênalti cometido por Márcio Azevedo em Dudu. Raphael Veiga (ex-Athletico e Coritiba) cobrou e fez 1 a 0 para o Palmeiras. Aos 35, saiu o zagueiro Paulo André e entrou o meia Bruno Nazário. Wellington recuou e virou zagueiro. O Athletico não conseguiu reagir e terminou o segundo tempo sem criar jogadas com algum perigo ao gol de Weverton.

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Athletico teve 57% de posse de bola, somou 7 finalizações (3 certas), 82% de eficiência nos passes e 7 escanteios. O Palmeiras arrematou 19 vezes (2 certas) e teve 43% de posse de bola, 78% de eficiência nos passes e 7 escanteios. Os dados são do Sofascore.

PALMEIRAS 1 x 0 ATHLETICO
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos) e Bruno Henrique (Moisés); Zé Rafael, Lucas Lima (Raphael Veiga) e Dudu; Deyverson. Técnico: Felipão
Athletico: Santos; Madson, Paulo André (Bruno Nazário), Léo Pereira (Lucas Halter) e Márcio Azevedo; Wellington; Nikão, Bruno Guimarães, Léo Cittadini e Rony; Thonny Anderson (Marcelo Cirino). Técnico: Tiago Nunes
Gol: Raphael Veiga (34-2º)
Cartões amarelos: Felipe Melo, Zé Rafael (P). Léo Pereira, Wellington, Nikão (A).
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Público: 37.086 pagantes
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
5 – Lucas Lima toca para Dudu, na área. Ele chuta perto, ao lado do gol.
12 – Falta na esquerda. Nikão cobra com um chute forte, quase no ângulo. Weverton espalma.
22 – Deyverson passa por Márcio Azevedo e invade a área com perigo. Wellington faz desarme perfeito e salva o Athletico.
25 – Bruno Henrique cruza e encontra Deyverson livre na área. Ele cabeceia sobre o gol.
32 – Bruno Guimarães aciona Nikão, na esquerda. Ele chuta de fora da área. Weverton espalma.
43 – Bruno Guimarães enfia e coloca Rony na cara do gol. Ele prepara o chute, mas é desarmado por Felipe Melo na ‘hora H’. 
47 – Marcos Rocha cobra lateral direto para a área. Felipe Melo cabeceia sobre o gol.

Segundo tempo
8 – Dudu cruza da direita. Lucas Lima fura no meio da área. A bola sobra limpa para Zé Rafael, na segunda trave. Ele chuta para fora e perde gol feito.
12 – Marcos Rocha cobra lateral direto para a área. Deyverson ajeita de cabeça e Lucas Lima chuta sobre o gol.
13 – Deyverson recebe lançamento na área e chuta forte. Santos espalma.
14 – Felipe Melo chuta de fora da área. A bola passa perto.
21 – Diogo Barbosa invade a área e rola para Raphael Veiga, livre, chutar para longe e perder boa chance.
22 – A bola bate no braço de Paulo André, dentro da área. O Palmeiras pede pênalti.
23 – Moisés pisa em Rony, dentro da área. O Athletico pede pênalti.
32 – Gol do Palmeiras. Depois de escanteio e rebote, Dudu recebe na área e é derrubado por Márcio Azevedo. Pênalti. Raphael Veiga cobra e marca.
39 – Depois de escanteio, a bola sobra para Thiago Santos, na área. Ele chuta em cima de Santos.
44 – Dudu ajeita para Raphael Veiga, que chuta no canto, mas fraco. Santos defende.

Fonte: Bem Paraná