Início Esportes

Athletico vence o Tolima e fecha série caseira com 100% de aproveitamento

O Athletico Paranaense venceu por 1 a 0 o Tolima, nessa terça-feira (dia 9) à noite, na Arena da Baixada, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Com o resultado, o time paranaense abriu vantagem na liderança do Grupo G, com nove pontos, à frente do Boca (quatro pontos), do Tolima (quatro) e do Jorge Wilstermann (dois). No fechamento da quarta rodada, nesta quarta-feira (dia 10), o Boca recebe o Wilstermann.

Na próxima rodada, em 24 de abril, o Athletico vai à Bolívia, para enfrentar o Wilstermann. Na última rodada, pega o Boca Juniors, na Bombonera, em 9 de maio. Os dois primeiros de cada grupo se classificam para a próxima fase.

Com o time principal, o Athletico venceu todos os jogos na Arena da Baixada em 2019. Foram três partidas e três vitórias no estádio, todas pela Libertadores, todas em sequência (Wilstermann, Boca e Tolima).

FASE
O Tolima só havia sofrido uma derrota nos dez jogos anteriores — e foi para o Boca Juniors, na Bombonera.

TÉCNICO
Tiago Nunes soma agora 24 vitórias, nove empates e oito derrotas no comando do time principal do Atlético.

ARTILHEIRO
O volante Bruno Guimarães fez o gol da vuitória do Athletico. Foi o segundo dele nos quatro jogos da Libertadores 2019.

ESCALAÇÃO
A única baixa no Athletico era o lateral-direito Madson. Tiago Nunes repetiu a escalação do último jogo (vitória sobre o Boca Juniors). O esquema tático foi o 4-1-4-1, adotodo desde o início de 2019, com Camacho como único volante e a linha de quatro do meio com Bruno Guimarães (centro), Lucho González (centro), Nikão (direita) e Rony (esquerda). O Tolima não tinha Banguero e Alboronoz. O esquema tático foi 4-3-3.

PRIMEIRO TEMPO
O começo foi tenso. O Tolima soube usar sua força física e adotou uma marcação implacável. O Athletico teve dificuldade para circular a bola pelo meio-campo e acabou abusando dos lançamentos. Como já virou tradição no time, Camacho recuou e comandou a saída de bola ao lado dos dois zagueiros, ao mesmo tempo que os dois laterais avançaram simultaneamente. Mesmo essa força pelas alas não foi suficiente para abrir a marcação do time colombiano. O primeiro tempo teve um futebol amarrado e quase nenhuma boa jogada ofensivas dos dois lados.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o Tiago Nunes tirou Lucho González e colocou o meia Tomás Andrade. O Athletico ganhou mais mobilidade e começou a encontrar espaços para jogar. Aos 7 minutos, Nikão cruzou, Renan Lodi chutou, o goleiro espalmou e a bola bateu no travessão. Aos 8, Marco Ruben deu belo passe e Rony saiu na cara do gol, mas chutou para fora. O Tolima corrigiu a marcação em seguida e o jogo voltou a ficar amarrado. Aos 22, saiu Nikão e entrou o ponta Marcelo Cirino. Uma jogada individual de Bruno Guimarães quebrou a monotonia do ataque atleticano, aos 30 minutos. Ele deixou Rony em boa posição na área. Ele chutou e o goleiro deu rebote. Com o gol vazio, Marcelo Cirino cabeceou para fora e perdeu boa chance. O gol da vitória só veio aos 34, com chute de fora da área de Bruno Guimarães, que desviou na zaga e matou o goleiro.

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Athletico somou 14 finalizações (6 certas), 67% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 10 escanteios. O Tolima arrematou 4 vezes (1 certa) e teve 37% de posse de bola, 71% de eficiência nos passes e nenhum escanteio. Os dados são do SofaScore.

ATHLETICO 1 x 0 TOLIMA
Athletico: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho; Bruno Guimarães, Lucho González (Tomás Andrade), Nikão (Marcelo Cirino) e Rony; Marco Ruben (Paulo André). Técnico: Tiago Nunes
Tolima: Montero; Castrillón, Julián Quiñones, Sergio Mosquera e Leyvin Balanta (Vargas); Carrascal, Gordillo (Diego Valdes) e Larry Vásquez; (Robles) Luis González, Alex Castro e Marco Pérez. Técnico: Alberto Gamero
Gol: Bruno Guimarães (34-2º)
Cartões amarelos: Castrillón, Larry Vázquez, Marco Pérez, Carrascal (T). Santos (A). 
Árbitro: Jesús Valenzuela (Venezuela) 
Público: 20.066 total
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
7 – Léo Pereira vê a infiltração de Marco Ruben e lança. O goleiro sai pelo alto e tira o perigo da área.
18 – Lucho González rouba a bola no ataque e lança Marco Ruben. A zaga corta e tira o perigo.
25 – Falta na direita. Nikão tenta o chute direto. A bola vai ao lado do gol.
26 – Boa troca de passes do Tolima. A bola chega até Marco Pérez, na área. Ele chuta fraco e Santos defende.
27 – Marco Ruben tenta surpreender o goleiro, de longa distância. Montero defende. 
40 – Cruzamento de Balanta. Luis Gonzalez entra livre na área, mas tropeça e perde boa chance.
42 – Depois de escanteio, Thiago Heleno cabeceia e a bola bate no braço de Balanta, dentro da área. O Athletico pede pênalti.

Segundo tempo
2 – Camacho pega rebote de escanteio e manda o chute de fora da área. O goleiro segura.
7 – Nikão cruza da direita. Renan Lodi entra livre e chuta. O goleiro espalma e a bola vai no travessão.
8 – Marco Ruben recua e dá belo lançamento. Rony sai na cara do gol. Ele tira o goleiro e chuta na rede, pelo lado de fora.
30 – Bruno Guimarães avança e toca para Rony, na área. Ele chuta e o goleiro rebate. Na cara do gol, Cirino cabeceia sobre o travessão e perde grande chance.
34 – Gol do Athletico. Bruno Guimarães chuta de fora da área. A bola desvia na zaga e mata o goleiro.
44 – Rony invade a área e chuta forte. O goleiro espalma.

Fonte: Bem Paraná