Início Eleições 2018 Bolsonaro chuta canelas de Mourão e Haddad as de Zé Dirceu

Bolsonaro chuta canelas de Mourão e Haddad as de Zé Dirceu

56

Jair Bolsonaro literalmente chutou as canelas do seu vice, general  Hamiltom Mourão, durante resposta a duas perguntas formalizadas pelo apresentador William Bonner, da Rede Globo, no Jornal Nacional desta segunda-feira. O candidato que foi para o segundo turno das eleições presidenciais desautorizou Mourão sobre suposta proposta de mudanças na Constituição de 1988, afirmando que a Carta Magna não pode ser alterada, a não ser com algumas propostas, e que “seremos escravos dela” em respeito à democracia.
Bolsonaro disse ainda que, aos poucos, Mourão vai aprendendo sobre a legislação brasileira e ai sim, cumprirá seu importante papel  como vice-presidente da República. O candidato voltou a reafirmar propostas de dureza contra a violência e criminalidade e sustentou que jamais vai acabar com o programa Bolsa Família. Também reagiu às informações que disse ser mentirosas em relação à cobrança da CPMF e de impostos das pessoas que ganham até cinco salários mínimos.

O candidato Fernando Haddad disse que governará com carteira de emprego em uma mão e livro em outra. Para ele, geração de emprego e educação serão prioridades. Disse ainda que não cobrará imposto de renda de quem ganhar até cinco salários mínimos e afirmou que quem mais paga impostos no Brasil são os pobres e que os mais ricos da população são beneficiários pelo sistema. Haddad desqualificou o ex-ministro José Dirceu que teria dito ao jornal espanhol El País que a intenção do PT era a de tomar o poder. “José Dirceu não faz parte da minha equipe de campanha e não estará afirmou o candidato.