Início Política

Bolsonaro diz que pode enviar reforma administrativa na próxima semana

Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta turistas no Palácio da Alvorada. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Na última quinta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o projeto de reforma administrativa pode ser encaminhado ao Congresso na próxima semana. De acordo com o chefe do Executivo explicou que a proposta não afetará os atuais servidores, apenas para aqueles que entrarem no serviço público após a reforma.

De acordo com o presidente, em coletiva à imprensa, algumas categorias permanecem com estabilidade. “Pretendo encaminhar semana que vem, desde que não haja uma marola até lá. Está muito tranquila a reforma; não será mexido o direito dos atuais servidores, inclusive a questão da estabilidade. Quem é servidor continua com estabilidade sem problema nenhum. As mudanças são propostas ao Congresso, que valeriam para os futuros servidores. Algumas categorias teriam estabilidade, alguma diferenciação, porque tem que ter, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Forças Armadas, Receita”, explicou.

Com o objetivo de reduzir o número de cargos e servidores públicos, a proposta é uma tema tenso para o Governo. Em ano eleitoral, muitos temem atritos com o funcionalismo público. Por outro lado, a ala econômica alega a urgência em reduzir custos e equilibrar as contas do governo.

Nesta semana, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que buscará a aprovação da reforma ainda no primeiro semestre, mas que as atenções estão voltadas à reforma tributária,  já em tramitação na Casa.