Início Entretenimento

Cantor sertanejo Juliano Cezar morre depois de infarto durante show no Paraná

Juliano Cezar chegou a socorrido em um posto médico perto do local do evento. Porém, o cantor não resistiu.

Foto: Reprodução/Facebook

O cantor sertanejo Juliano Cezar morreu na madrugada desta terça-feira (31) depois de sofrer um infarto fulminante enquanto fazia um show em Uniflor, no norte do Paraná.

Segundo informações preliminares, Juliano Cezar chegou a ser socorrido em um posto médico perto do local do evento. Ele recebeu massagem cardíaca e injeções de adrenalina por mais de uma hora e meia, porém, o cantor não resistiu e veio a óbito.

Juliano Cezar tinha 58 anos era casado e não tinha filhos. O corpo será velado e sepultado em Passos (MG), cidade natal do cantor.

Cantor Juliano Cezar morreu em Uniflor, no norte do Paraná, na madrugada desta terça-feira (31) — Foto: Reprodução/Facebook

Juliano Cezar nasceu na cidade de Passos de Minas, em  29 de abril de 1960. Ele iniciou sua carreira em 1985, depois de ter sido peão de rodeios e fazendeiro.

Do interior de Minas, Juliano gastou seu pé-de-meia em seu primeiro disco, independente, onde apresentava sua interpretação em regravações de sucessos de Chitãozinho e Xororó e Milionário e José Rico, entre outros.

No final da década de 80 mudou-se para São Paulo e, em 1990 lançou seu primeiro disco por uma gravadora, dessa vez com composições suas, além do sucesso “Não Aprendi Dizer Adeus” de Joel Marques, posteriormente regravado por Leandro e Leonardo. Por esse disco, Juliano ganhou o Prêmio Sharp de cantor revelação.

Depois de cinco anos sem gravar e de uma viagem a Nashville, Meca do country, onde manteve contato com os papas do gênero, Juliano lançou, em 1997, seu primeiro disco pela Paradoxx, já totalmente dedicado à música country.