Início Geral

Carnaval 2020: veja cuidados ao levar celular para a folia

Foto: Fernando Maia | Riotur

A pouco mais de duas semanas para o carnaval, as preocupações dos foliões se dividem entre fantasias, destinos e maquiagens, mas muitos se esquecem de um dos acessórios mais essenciais à vida moderna: o celular. Não é raro de se encontrar alguém com o olhar vazio em meio ao bloquinho e,em muitas das vezes, o motivo da angústia é o celular. Roubado ou encharcado pelas chuvas de verão, o companheiro de todas as horas pode estar comprometido e alguns cuidados prévios evitam o desgaste em meio à folia.

O seguro é seguro?

Uma solução aparentemente óbvia, o seguro pode, muitas vezes, enganar aqueles que não leem as “letras miúdas”. A grande maioria dos planos não cobrem furto simples, isto é, quando o bem é furtado sem que a pessoa perceba. Apenas furto qualificado — aquele em que ocorre a destruição ou rompimento de obstáculo, por exemplo — e roubo — quando há coação, ameaça ou violência na abordagem criminosa — fazem parte da maioria das apólices.

É importante também prestar atenção a respeito da cobertura dos seguros quanto aos efeitos da oxidação nos celulares. Alguns planos não cobrem os efeitos das chuvas no aparelho, outros apenas a partir de um certo tempo de contrato a indenização pode ser requerida.

E o valor?

O custo médio de um seguro para celular corresponde a 20% do valor do aparelho, são informações da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg). Os planos são, geralmente, ofertados pelas lojas e operadores de telefonia no ato da compra do aparelho. Diversas empresas de seguro, porém, já oferecem o serviço pela internet. Ainda assim é recomendado que se analise a fundo a confiabilidade a empresa contratada. No site da Superintendência de Seguros Privados (Susep) é possível checar nominalmente quais são as seguradoras reguladas pela entidade.

Não confunda

Há muitas confusão na hora de contratar o seguro. Muitas vezes contrata-se uma garantia estendida,  que resguarda danificações ao aparelho após os 90 dias da aquisição, mas que não indeniza em casos de furto ou roubo.

E agora?

Apesar das muitas variáveis que compõem a decisão de contratar um plano de seguros, é importante estar atento aos pormenores que fazem parte do contrato. Identifique qual cobertura o plano realiza em casos de furto ou roubo, observe se há indenização para celulares oxidados e certifique-se de que você está contratando um seguro e não apenas uma garantia estendida.

 

(Com informações do portal G1)