Início Saúde

Cobertura vacinal contra o sarampo é baixa em Guaratuba

Segundo a epidemiologia do município, apenas 411 pessoas se vacinaram nos 4 últimos sábados

A procura pela vacinação contra o sarampo ainda é baixa em Guaratuba, apesar da intensificação realizada no mês de setembro. Segundo a epidemiologia do município, apenas 411 pessoas se vacinaram nos 4 últimos sábados. O número total de vacinados contra a doença é de 1174. No dia 7 de outubro começa a primeira fase de uma campanha nacional de vacinação contra o sarampo.

Em entrevista ao Jornal da Litorânea, a chefe da vigilância epidemiológica Roselini Cardoso Reis mostrou preocupação com a cobertura vacinal de crianças entre 6 meses e 1 ano. Segundo ela, apenas 167 bebês tomaram a vacina, quando o esperado era de 486 crianças, das 512 crianças estimadas.

Roseline destaca os perigos do sarampo para os bebês de entre 6 meses e 1 ano. Entre os riscos estão pneumonia, perda de audição e encefalite.

Os adultos entre 20 e 29 anos também estão como prioridades nas campanhas. Roseline explica que a doença é menos nociva para a faixa etária, mas o risco de contagiar crianças é grande.

O Paraná já registrou 39 casos da doença em 2019, primeira vez desde 1999. Entre 7 e 25 de outubro haverá a campanha nacional para vacinar crianças entre 6 meses e 5 anos. De 18 a 30 de novembro, será a vez dos jovens de 20 a 29 anos.