Início Verão

Corpo de Bombeiros divulga balanço dos primeiros dias do verão

Segundo a corporação, 105 pessoas foram salvas nas águas do litoral

O Corpo de Bombeiros divulgou um balanço com afogamentos, orientações, advertências e incidentes dos primeiros dias do Verão Maior no litoral do Paraná. Os dados foram registrados entre os dias 21 e 25 de dezembro. Uma pessoa morreu afogada em Morretes nesta quarta-feira (25).

Segundo os dados da corporação, foram 105 ocorrências de pessoas salvas sem afogamento ou com afogamento leve (apenas tosse). Nenhum afogamento grave foi registrado em áreas protegidas por guarda-vidas. A morte registrada em Morretes, no Rio São João, ocorreu em área não protegida pelos bombeiros.

O Corpo de Bombeiros ainda orientou 3.856 pessoas no período. Além disso, foram distribuídas 2.116 advertências no litoral paranaense.

Água-viva

Outro incidente bastante comum durante o verão é o contato com águas-vivas e caravelas. Neste verão, 48 pessoas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros após contatos com os animais marinhos.

Na temporada de 2016/2017 o Paraná registrou mais de 27 mil casos de acidentes com esses animais marinhos. No ano seguinte, entre 21 de dezembro a 18 de fevereiro, o número reduziu significativamente para 1.188 casos. Na última temporada, 2018/2019, foram 1.469. Os dados são do Corpo de Bombeiros.

Não se deve tocar em águas-vivas e caravelas, mesmo que pareçam mortas na areia. Se a pessoa for queimada, deve lavar o local apenas com a água do mar e não esfregar a região atingida. Em seguida, procurar um posto de salva-vidas para colocar vinagre e neutralizar a ação da toxina. Não pode passar água doce e nenhuma outra substância, como bebida alcoólica ou urina.