Início Saúde Curitiba tem terceiro caso de febre amarela confirmado em 2019, diz Sesa

Curitiba tem terceiro caso de febre amarela confirmado em 2019, diz Sesa

128

A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) confirmou nesta sexta-feira (12), o terceiro caso importado de febre amarela em Curitiba, registrado em 2019. Conforme o boletim da secretaria, em todo o estado, são 15 casos confirmados neste ano.

O novo caso confirmado, conforme o boletim estadual, trata-se de um homem de 65 anos, que mora em Curitiba e contraiu a febre amarela em Morretes, no litoral do Paraná. Outros dois casos foram confirmados na capital em fevereiro e no mês de março.

Ainda de acordo com a secretaria, até esta sexta-feira, há 77 casos da doença sob investigação no estado, além de 236 casos que foram descartados.

Confira, abaixo, as cidades com casos confirmados da doença:

  • Paranaguá
  • Antonina
  • Morretes
  • Adrianópolis
  • Campina Grande do Sul
  • Curitiba
  • Piraquara
  • São José dos Pinhais

Morte por febre amarela

Em 6 de março, foi confirmada a primeira morte por febre amarela no estado, de acordo com a Sesa. A vítima era moradora da cidade de Morretes.

Sintomas e prevenção

Segundo a Secretaria de Saúde, os sintomas iniciais da doença são febre alta de início súbito, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômitos, dor no corpo e dor abdominal.

Em casos de apresentar os sintomas, conforme a Sesa, é importante que o paciente procure atendimento médico para receber o diagnóstico correto e os cuidados específicos.

Vacinação

A vacina contra a febre amarela é distribuída em municípios de todo o estado. A vacina é a única forma de prevenção da doença. A secretaria recomenda que as pessoas entre 9 meses e 59 anos tomem a vacina.

A vacinação em idosos com mais de 60 anos, gestantes e mães em período de amamentação só é feita sob autorização médica.

Fonte: G1