Início Esportes

GP do Barein de Fórmula 1 será realizado mas, sem público

Largada do GP do Barein de 2010, em Sakhir — Foto: Getty Images.

O GP do Barein de Fórmula 1 será realizado em 22 de março com portões fechados por causa do surto de coronavírus. A decisão foi comunicada neste domingo. Pela primeira vez na história, uma prova de F1 será disputada sem público. “Em consulta com nossos parceiros internacionais e a força-tarefa de saúde do reino (do Barein), decidimos realizar o GP com a presença apenas de participantes do evento”, diz a nota emitida pelo governo do Barein.

“Como uma nação que recebe a Fórmula 1, equilibrar o bem-estar dos fãs e o público nas corridas é uma tremenda responsabilidade. Em virtude da surto global de Covid-19, levando em conta um evento esportivo de grandes proporções, aberto ao público e que permite milhares de turistas estrangeiros e fãs interagirem próximos, não seria correto realizar (o GP) desta vez. Mas, para evitar prejuízos ao esporte e seus patrocinadores, a corrida será apenas um evento televisivo”, conclui a nota do Barein.

A poucos dias para a largada da temporada 2020, a Fórmula 1 tem como desafio manter o calendário de provas apesar da epidemia do novo coronavírus (covid-19). Até o momento, somente o GP da China, epicentro do surto, foi adiado. Diretor da principal categoria do automobilismo, Ross Brawn afirmou nesta sexta-feira (6) que a Fórmula 1 está trabalhando para minimizar potenciais problemas.

A primeira das 22 corridas da temporada está marcada para o dia 15 de março, no GP da Austrália, em Melbourne. A Austrália fez nesta semana imposições duras para receber pessoas vindas da Itália, país com muitos casos do coronavírus. O Bahrein, que recebe a segunda etapa do ano, adotou procedimentos especiais para receber a Fórmula 1.