Início Litoral IAP embarga obra de limpeza de vala em Guaratuba

IAP embarga obra de limpeza de vala em Guaratuba

782

A Prefeitura de Guaratuba realiza desde o final de março uma grande ação de desassoreamento de canais de drenagem com apoio do Governo do Estado. Nesta quinta-feira (11), o serviço estava sendo executado na avenida Guanabara, no bairro Coroados, mas foi embargado por funcionários do Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

O trabalho é uma das principais medidas de prevenção contra inundações e alagamentos. O Estado deveria ter liberado os recursos antes do início da temporada de chuvas, que é o verão, o que poderia ter minimizado os efeitos das intensas chuvas de março.

Antes de liberar os recursos, o governo recebeu uma relação detalhada dos canais e dos endereços. O trecho que agora foi embargado já foi objeto de desassoreamento em anos anteriores, inclusive em serviço contratado pelo Instituto. Há quatro anos, a autorização ambiental para a limpeza dos canais e valas é atribuição da Prefeitura, por ser uma das atividades que tiveram o licenciamento municipalizado.

O desassoreamento de valas de drenagem conta com recursos de aproximadamente R$ 200 mil liberados pelo Estado através do antigo Instituto das Águas do Paraná, órgão que neste ano foi fundido com o IAP e o Instituto de Terras e Cartografia e Geologia do Paraná, formando o Instituto Água e Terra (IAT).

O trabalho de desassoreamento está sendo realizado desde o dia 27 de março nos 13,5 quilômetros de canais de macrodrenagem com 3 máquinas pá carregadeiras (PCs) que foram contratadas. Ao mesmo tempo, máquinas retroescavadeiras realizam os serviços nos canais de microdrenagem.

No total serão desassoreados mais de 21 quilômetros de canais. A estimativa é de concluir o serviço em toda a cidade até o início do mês de junho.

A equipe de jornalismo da Litorânea entrou em contato com o escritório do IAP e não obteve respostas.