Início Geral

INMET emite alerta para tempestades no Paraná nesta quinta

O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu nesta quarta-feira (15) um alerta laranja para tempestades em todo o Paraná e Santa Catarina, além de algumas regiões do Rio Grande do Sul, da 0h até às 23h desta quinta-feira (16).

O alerta indica a possibilidade de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, além de ventos de até 100 km/h intensos e queda de granizo. Esses fenômenos podem causar desabastecimento de energia elétrica, estragos em plantações, quedas de árvores e alagamentos.
O Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná) também alerta a população paranaense sobre os riscos de temporais. Segundo o órgão, uma frente fria está se deslocando rapidamente sobre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, devendo chegar no Paraná nesta quinta.

Com isso, o clima fica instável e com incidências de temporais em todo Paraná, ocasionando raios e chuvas volumosas.

Reprodução-INMET
Áreas pintadas em laranja estão sob risco de temporais (Reprodução/INMET)

O INMET classifica seus avisos de quatro formas. A cor verde quer dizer que nenhum fenômeno está previsto. Já a cor amarela representa perigo potencial.

Por fim, a cor laranja apresenta perigo, enquanto a cor vermelha significa ‘grande perigo’.

PREVISÃO DO TEMPO NO PARANÁ

Reprodução-Simepar
Chuva forte em praticamente todo o Paraná nesta quinta-feira (Reprodução/Simepar)

A previsão para Curitiba nesta quinta-feira é de chuva de 9,55 milímetros e ventos de até 42 km/h, com 30°C de máxima e 18° de mínima na temperatura.

Paranaguá, no litoral do Paraná, irá registrar 35°C de máxima, com 33,5 milímetros de chuva e ventos de até 58 km/h.

Na avaliação de meteorologista do Simepar Reinaldo Olmar Kneib, o Paraná está com muitas nuvens desde a fronteira com o Paraguai, acompanhando a divisa com Santa Catarina, porém sem chuva associada e um pequeno núcleo na região dos Campos Gerais, divisa com São Paulo. Com isso, O calor segue elevado nas faixas norte e oeste, pois as temperaturas continuam acima dos 25,0 °C.

Duas grandes áreas de instabilidade sobre o Rio Grande do Sul e Litoral ocasionam chuvas intensas, muitos raios e rajadas de vento moderadas a fortes na sua área de atuação.

Ver imagem no Twitter
O QUE FAZER EM CASO DE TEMPESTADES?

De acordo com o INMET, não é recomendado se abrigar embaixo de árvores em caso de ventos fortes. Isso porque há risco de queda de galhos e descargas elétricas. Além disso, não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de transmissão.

Se for possível, também é sugerido desligar os aparelhos eletrônicos e o quadro geral de energia.

Por fim, para mais informações sobre o que não fazer durante uma tempestade, fale com a Defesa Civil (telefone no 199) ou Corpo de Bombeiros (telefone 193).