Início Litoral

Liminar manda exonerar um dos diretores do Porto de Paranaguá

Diretor Financeiro já teve contas julgadas irregulares em outra pasta.

O governo do Paraná deve exonerar o diretor financeiro da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Luiz Fernando Gaspari de Oliveira Lima. Essa foi a determinação de uma liminar concedida nesta segunda-feira (22), pelo juiz Rafael Kramer Braga, em resposta a um pedido do Ministério Público.

A promotoria argumentou que Lima teve as contas julgadas irregulares no período em que atuou na Fundação Municipal de Turismo de Paranaguá e também que a nomeação dele para a APPA fere a Lei das Estatais, entre outros motivos, por ter atuado na campanha eleitoral do então candidato a governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD).

A liminar também determinou o bloqueio de bens de Lima, no valor até R$ 181 mil, para eventual devolução dos seis meses de salário que recebeu. O mesmo nome já havia sido alvo de questionamento pelo Ministério Público de Contas (MPC), que vê indícios de irregularidades na nomeação de 16 pessoas em estatais do Paraná.

O governo do Paraná ainda não se manifestou sobre a decisão judicial.