Início Esportes

Mesmo sem cinco titulares, Athletico atropela o Flu de Diniz na Arena

O Athletico Paranaense venceu por 3 a 0 o Fluminense, nesse domingo (dia 2) à tarde, na Arena da Baixada, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em 9º lugar, com 10 pontos. A equipe carioca está na 16ª colocação, com 6 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

A partida marcou o reencontro do técnico Fernando Diniz com o Athletico. Ele comandou a equipe paranaense em 2018 e hoje comanda o Fluminense. Ele não ficou no banco de reservas nesse domingo, porque foi expulso na rodada anterior, e assistiu à partida de um camarote na Arena da Baixada. Ele foi várias vezes xingado por torcedores no estádio durante o jogo desse domingo.

O time do técnico Tiago Nunes não contou com cinco titulares na partida: Paulo André, Jonathan, Renan Lodi, Camacho e Thiago Heleno.

ARTILHEIROS
O ponta Rony fez mais um e chegou a seis gols em 37 jogos pelo Athletico. Foi o 2º dele em 2019. O volante/meia Lucho tem agora 8 gols em 112 jogos pelo clube. Foi o 1º dele em 2019. Marcelo Cirino chegou a 10 gols em 40 jogos desde seu retorno ao Athletico, em junho de 2018. Foi o 4º dele em 2019.

RENAN LODI
O lateral-esquerdo do Athletico, Renan Lodi, não foi escalado. O jogador foi chamado para a seleção pré-olímpica e o Athletico pediu sua liberação dessa lista. A CBF não respondeu e Lodi não viajou para o Torneio de Toulon, na França. A CBF informou que ele continua convocado. “A CBF não desconvocou o atleta da Seleção Olímpica, impedindo a utilização do lateral”, informou o clube.

ESCALAÇÃO DO ATHLETICO
O Athletico não tinha Jonathan e Paulo André, desgastados fisicamente. Outra baixa era Renan Lodi, envolvido na confusão com a seleção pré-olímpica. Nas demais posições, o time foi o mesmo que enfrentou o River Plate, na quinta-feira. O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho, envolvidos em caso de doping, seguem afastados. O esquema tático foi o 4-2-3-1, com Nikao (direita), Rony (esquerda) e Lucho (centro) na linha de três do setor ofensivo.

ESCALAÇÃO DO FLUMINENSE
O Fluminense não tinha o goleiro Agenor, suspenso. Gilberto, Ganso e Luciano foram poupados. Pedro e Marcos Paulo estavam com a seleção olímpica.

PRIMEIRO TEMPO
O Athletico dominou o jogo desde o início, com forte marcação nos evidentes pontos fracos do Fluminense. O gol era questão de tempo. Aos 20, Bruno Guimarães enfiou, Rony avançou na ponta-esquerda e cruzou na medida para Lucho, que cabeceou no cantinho: 1 a 0. Aos 32, Airton foi expulso por falta violenta em Bruno Guimarães. O Flu ficou com um jogador a menos. Aos 37, Márcio Azevedo cruzou da esquerda e Rony cabeceou no canto: 2 a 0.

SEGUNDO TEMPO
O jogo teve ritmo mais lento no segundo tempo. O Flu recuou e não teve forças para tentar atacar. O Athletico valorizou a posse de bola e esperou espaços para tentar ataques, mas foi muito cauteloso. Aos 19, saiu Lucho e entrou Tomás Andrade.Aos 25, saiu Nikão e entrou o ponta Marcelo Cirino. Aos 30, saiu Wellington e entrou Cittadini. Mesmo sem pouco pressionar, o Athletico chegou ao terceiro gols aos 39, com chute de fora da área de Marcelo Cirino.

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Athletico teve 54% de posse de bola, somou 12 finalizações (6 certas), 93% de eficiência nos passes e 6 escanteios. O Flu arrematou 8 vezes (2 certas) e teve 46% de posse de bola, 87% de eficiência nos passes e 4 escanteios. Os dados são do Footstats.

ATHLETICO-PR 3 x 0 FLUMINENSE
Athletico: Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Cittadini) e Bruno Guimarães, Nikão (Cirino), Lucho (Tomás Andrade) e Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes
Fluminense: Rodolfo; Igor Julião, Matheus Ferraz (Frazan), Nino e Caio Henrique; Airton e Allan; Daniel, Léo Artur (Guilherme) e Yony (Brenner); João Pedro. Técnico: Fernando Diniz
Gols: Lucho (20-1º), Rony (37-1º), Marcelo Cirino (39-2º)
Expulsão: Airton (32-1º)
Cartões amarelos: Airton, Nino, Guilherme (F). Nikão (A). 
Árbitro: Wagner Reway 
Local: Arena da Baixada

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
3 – Marco Ruben chuta de fora da árae e acerta a trave.
10 – Rony recebe na área e chuta na rede, pelo lado de fora.
20 – Gol do Athletico. Bruno Guimarães enfia. Rony avança na ponta-esquerda e cruza na medida para Lucho, que cabeceia no cantinho.
23 – Contra-ataque. Nikão para Marco Ruben para Rony, que tromba com o último zagueiro e pede falta. O árbitro nada marca.
30 – Bruno Guimarães dá belo lançamento para Marco Ruben, na área. Ele chuta e Rodolfo defende.
37 – Gol do Athletico. Márcio Azevedo cruza da esquerda. Rony cabeceia no canto.

Segundo tempo
15 – Caio Henrique cruza rasteiro. Yony se atira e quase alcança.
22 – Yony chuta de fora da área. Santos defende.
23 – Márcio Azevedo enfia. Nikão recebe na área e tenta encobrir o goleiro. Rodolfo defende.
28 – Rony ameaça cruzar, mas chuta direto. Rodolfo rebate.
39 – Gol do Athletico. Marcelo Cirino chuta de esquerda, de fora da área. A bola desvia na zaga e mata Rodolfo.

Fonte: Bem Paraná