Início Esportes

Operário de Ponta Grossa bate o Vila Nova, que pode entrar na zona da degola

O Operário-PR levou a melhor sobre o Vila Nova e venceu por 1 a 0, nesta noite no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela 15.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time da casa deu um salto na tabela e chegou à nona colocação com 21 pontos, abrindo boa vantagem em relação aos quatro últimos. O Vila Nova, por sua vez, permanece na 15.ª posição com 15 pontos, apenas dois a mais do que São Bento, Guarani e Criciúma, todos dentro da zona da degola e que ainda não jogaram na rodada.

A primeira etapa foi de muita marcação das duas equipes, mas poucos lances de perigo. Os goleiros praticamente não trabalharam enquanto os principais duelos eram travados no meio de campo com excesso de vontade e pouca inspiração.

Mais fechado, o Vila Nova praticamente não atacou antes do intervalo. O Operário até foi um pouco menos discreto e abusou das bolas cruzadas para a área buscando o centroavante Schumacher, mas não conseguiu levar a melhor contra a defesa adversária.

No segundo tempo, o jogo mudou. Logo aos seis minutos, o time da casa abriu o placar com o zagueiro Lázaro, completando de cabeça o cruzamento que veio de cobrança de escanteio de Danilo Baia.

Dono do ataque menos produtivo de toda a Série B ao lado do Criciúma, com nove gols, o Vila Nova tentou mudar sua proposta de jogo e buscar o empate, mas mostrou dificuldade para se aproximar do gol defendido por Rodrigo Viana. Nem mesmo a entrada do estreante Bruno Mezenga, contratado durante a semana para suprir o problema na criação, foi suficiente.

Fechado, o Operário deu a bola para o time visitante e explorou essa deficiência na criação. A equipe mandante administrou a vantagem até o apito final e comemorou muito a vitória magra.

O Operário volta a campo na próxima segunda-feira, quando enfrentará o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, na partida que abre a 16.ª rodada da Série B. Na sexta-feira, o Vila Nova encara o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO-PR 1 X 0 VILA NOVA

OPERÁRIO-PR – Rodrigo Viana; Danilo Baia, Lázaro, Rodrigo e Allan Vieira; Jardel (Cléo Silva), Índio e Marcelo; Cleyton, Schumacher (Lucas Gaúcho) e Lucas Batatinha (Chicão). Técnico: Gerson Gusmão.

VILA NOVA – Rafael Santos; Jeferson, Wesley Matos, Diego Jussani e Romário (Hélder); Joseph, Ramon (Bruno Mezenga), Magno e Alan Mineiro; Mailson (Capixaba) e Robinho. Técnico: Marcelo Cabo.

GOL – Lázaro, aos seis minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Andrey da Silva e Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS – Rodrigo, Allan Vieira (Operário-PR); Jeferson, Diego Jussani e Mailson (Vila Nova).

RENDA – R$ 44.035,00.

PÚBLICO – 3.905 pagantes (4.214 total).

LOCAL – Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).