Início Educação Páginas de liberdade: uma iniciativa da DPPR de Guaratuba onde a leitura...

Páginas de liberdade: uma iniciativa da DPPR de Guaratuba onde a leitura é libertadora

318

O objetivo é a arrecadação e doação de livros à população carcerária de Guaratuba. O lançamento da ação está marcado para segunda-feira (01), data que inicia a arrecadação dos livros. Entretanto, o Instituto Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (ISEPE), uma das parceiras no projeto, já fez, na quarta-feira (26), a doação de 130 livros.

O defensor público de Guaratuba, dr. Evandro Satiro, conta como a sede da cidade idealizou o projeto. “Com a visita do Conselho da Comunidade, foi averiguada a situação de ociosidade dos presos e surgiu essa ideia de fornecer livros para a leitura dos encarcerados. Daí, partiu a ideia, que surgiu com a Defensoria Pública, através da minha equipe, a técnica administrativa (Aldenise Costa de Carvalho) e a assistente social (Cláudia Regina Marin), a gente começou a elaborar esse projeto, nos reunimos com o delegado que foi muito solicito, participativo e nos apoiou nessa ideia”, relata o dr. Evandro Satiro.

O Projeto conta a parceria da faculdade ISEPE e de acordo com Dr.Evandro  é de grande importância para a efetividade da ação. “Conversando com o diretor, surgiu essa parceria, vão (ISEPE) também fazer a coleta dos livros e eles têm um grande empenho na questão social da cidade”, disse.

O Conselho da Comunidade de Guaratuba, assim como o Núcleo da Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH) da Defensoria Pública do Estado do Paraná, a Delegacia de Polícia Civil de Guaratuba e a comunidade local também apoiam o projeto.

Sobre a parceria com a delegacia, o defensor público, dr. Evandro Satiro esclarece que “o acordo que a gente fez com o delegado de polícia é que ele vai fazer um mini acervo, vai comprar uma estante e colocar próximo à carceragem para distribuir semanalmente. Nossa doação é de fazer uma minibiblioteca na delegacia de polícia. A gente vai catalogar os livros na Defensoria antes e depois faremos uma cerimônia de entrega para a delegacia de polícia. Quem vai fazer esse controle de distribuição para os presos será o delegado, junto a sua equipe”.

Para contribuir com doações, procure os seguintes endereços, nos respectivos horários:

– Defensoria Pública do Estado do Paraná – Sede Guaratuba (Rua Joaquim Menelau de Almeida Torres, 862, centro, Guaratuba) – Segunda à sexta.

Horário: 14h às 18.

– Faculdade ISEPE – Biblioteca (R. Joaquim Menelau de Almeida Tôrres, 101 – Centro, Guaratuba)

Segunda à sexta – 13h às 22h

Sábado – 8h às 12

Fonte:Defensoriapublica.pr.def.b