Início Geral

Plumas de Fumaça da Austrália chegam à America do Sul

A circulação dos ventos nos níveis mais elevados da atmosfera trouxe um pouco da fumaça dos incêndios da Austrália para a América do Sul.  A quantidade de fumaça não pode ser comparada ao que se vê nas fotos e vídeos divulgados na imprensa e em rede sociais mostrando os incêndios na Austrália. Os severos incêndios florestais já devastaram quase 5 milhões de hectares de florestas e áreas agrícolas, invadindo também áreas urbanas, deixando a visibilidade comprometida.

Na terça-feira, 7 de janeiro de 2020, o  satélite meteorológico GOES 16 capturou a imagem da pluma de fumaça passando sobre o Rio Grande do Sul. A fumaça tem aparência de um véu fino e esbranquiçado, enquanto as nuvens são bem brancas.

No dia 7 de janeiro de 2020, uma grande área de fumaça dos incêndios florestais que ocorrem na Austrália foi fotografada sobre o oceano Pacífico pelo satélite meteorológico GOES 17. A Nova Zelândia, país vizinho da Austrália, aparece no extremo esquerdo da foto. O contorno da América do Sul pode ser visto deformado na extrema direita a imagem. A distorção é natural por causa do efeito da curvatura da Terra.

A fumaça que chegou ao Rio Grande do Sul pode ser percebida em algumas cidades gaúchas por uma coloração diferente no por-do-dol (mais vermelho, mais alaranjado). Mas não cai fuligem do céu e  não há alteração na temperatura e nas condições para chuva.