Início Segurança

Polícia apreende metralhadora e fuzil usados em roubos a bancos dentro apartamento de jovem, em Curitiba

Mulher de 19 anos foi presa. Segundo a Polícia Civil, o imóvel também guardava uma pistola, munições e uma farda da PM.

A Polícia Civil apreendeu uma metralhadora, um fuzil e uma pistola dentro do apartamento de uma jovem de 19 anos, em Curitiba, nesta segunda-feira (9).

De acordo com a polícia, as armas eram usadas para assaltos a bancos pelo estado.

No local, um apartamento no bairro Sítio Cercado, a polícia também apreendeu uma pistola, munições, uma farda da Polícia Militar e R$ 8,7 mil em dinheiro.

A mulher, que segundo a polícia guardava o armamento para quadrilhas que assaltavam bancos, foi presa.

Segundo o delegado do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Rodrigo Brown, a polícia descobriu o apartamento a partir de investigações realizadas após a prisão de suspeitos de integrarem uma quadrilha que efetuou pelo menos quatro assaltos a bancos em Curitiba e região. 

“Ela é uma peça de uma grande organização, que continuaremos investigando”, afirmou Brown.

De acordo com o delegado, há a suspeita de que o armamento era alugado para diferentes quadrilhas, que pagavam pelo aluguel das armas com uma participação do que era roubado.

Segundo a polícia, a farda da PM também era usada nos roubos.

Jovem presa

Segundo a polícia, a jovem presa foi encontrada no local com um filho pequeno. “Geralmente são escolhidas pessoas que não despertariam suspeitas da polícia para desempenhar deste papel”, afirmou o delegado.

De acordo com Rodrigo Brown, a jovem resistiu a abrir o cômodo do apartamento onde as armas estavam guardadas. “Ela é uma laranja, mas que tinha conhecimento da sua função na organização criminosa”, disse.

A mulher, que não possuía antecedentes criminais, foi autuada por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e adulterado.