Início Economia Ratinho Junior diz que servidores não terão reajuste em 2019

Ratinho Junior diz que servidores não terão reajuste em 2019

26

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), afirmou nesta segunda-feira (15) que os servidores estaduais não terão reajuste salarial em 2019. A afirmação foi feita durante entrevista coletiva sobre os 100 primeiros dias de gestão.

“Eu posso até querer fazer uma média política com os servidores neste ano, mas não garanto que no ano que vem vai ter dinheiro pra folha”, disse o governador. Segundo ele, a ideia é não dar o reajuste neste ano, mas com o compromisso de dialogar e planejar para os três anos seguintes de governo. “Falaram que tinha R$ 4 bilhões em caixa e não existe esse dinheiro. Pelo contrário, tem R$ 240 milhões em caixa”, afirmou Ratinho Junior.No balanço dos primeiros meses, o governador classificou o trabalho como positivo. Ele explicou que foram economizados R$ 80 milhões com a reforma administrativa e com a revisão de contratos.

De acordo com Ratinho, mil quilômetros de rodovias estaduais devem ter pedágio a partir de 2021- quando começarão as novas concessões de rodovias no estado. Segundo o governador, as rodovias estaduais que serão administradas pela iniciativa privada são a PR-280, no sudoeste, a PR-092, no Norte Pioneiro, a PR-323, no noroeste, e a PR-445, no norte do Paraná. Com a nova licitação para as concessões, Ratinho disse acreditar que os preços das tarifas cairão pela metade.

Outro assunto abordado pelo chefe do Executivo estadual foi a Faixa de Infraestrutura, obra no litoral que prevê a construção de uma rodovia com cerca de 20 km de extensão paralela à PR-412, que corta Pontal do Paraná – passando pela Mata Atlântica. A rodovia deve fazer a ligação para um porto particular. O valor total da obra pode chegar a R$ 270 milhões. Há um impasse que foi parar na Justiça sobre os danos ambientais que a rodovia poderia causar. Segundo o governador, os danos são considerados pequenos em comparação aos benefícios econômicos que a obra deve gerar ao estado.