Início Cidadania

Serviço Não Perturbe, do bancos: veja como funciona

01-08-2014 - São Paulo - Brasil - Telefonia no brasil em Pleno crescimento. Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Há quase uma semana em funcionamento, o serviço Não Perturbe dos bancos permite que aposentados e pensionistas que não queiram mais receber ligações com ofertas de crédito consignado se cadastrem para impedir tais telefonemas.

23 bancos estão inseridos no serviço. A proposta é uma iniciativa de autorregulação do setor bancário promovida pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Associação Brasileira de Bancos (ABBC), em parceria com a Secretaria Nacional do Consumidor. Dessa maneira, cerca de 98% da carteira de crédito do país, fazem parte da iniciativa, segundo a Febraban.

Para poder efetuar o bloqueio das ligações, é necessário cadastrar os telefones fixos ou móveis vinculados ao número do CPF no site do serviço. Após 30 dias do procedimento, o bloqueio começa a ser feito.

Mais recursos

Além do serviço, outros recursos também fazem parte da iniciativa. Como informa a Agência Brasil, reclamações causadas pela oferta inadequada de empréstimos entrarão para uma base de dados que será criada. Além disso, um índice de qualidade será elaborado a partir da contabilização de ações judiciais de tais empresas.

Fraudes

Apesar do benefício do serviço, é importante que o aposentado ou pensionista se atente a detalhes, para que não sejam vítimas de fraudes. O Não Perturbe informa que, no momento do cadastro, não envia e-mail com arquivos executáveis, não disponibiliza aplicativos em smartphones ou ou solicita dados pessoais ou bancários diretamente aos usuários.

Confira as instituições que aderiram ao serviço: Agibank, Alfa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banrisul, Barigui, Bradesco, BMG, BRB, Caixa, Cetelem, CCB, Daycoval, Estrela Mineira, Inter, Itaú, Mercantil, Pan, Paraná Banco, Safra, Santander, Sicredi e Votorantim.

 

(Com informações da Agência Brasil)