Início Esportes Trio de Ferro se reúne para remodelar o Paranaense

Trio de Ferro se reúne para remodelar o Paranaense

35

O futuro do Campeonato Paranaense e do futebol do Estado foi debatido em uma reunião realizada na última terça-feira (5), na Arena da Baixada. Participaram representantes dos 12 clubes que disputam a Primeira Divisão do Campeonato Estadual, da Federação Paranaense de Futebol [FPF] e do Grupo Globo.

Durante a reunião, foi decidida a formação de uma comissão que buscará alternativas para o Campeonato Estadual, em relação ao calendário, fórmula de disputa, modelos de transmissão e formas de geração de receitas. O grupo será formado por representantes do Athletico Paranaense, Coritiba, Operário, Paraná Clube e Rio Branco, com coordenação da FPF.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Athletico Paranaense, Mario Celso Petraglia, foi um dia marcante para o futebol paranaense.

“Estamos caminhando para a criação de uma entidade, com a participação da Federação, para buscarmos um modelo para que o nosso campeonato seja enriquecido de alguma forma. O modelo atual é deficitário. O Athletico esteve fora das transmissões, já há alguns anos, e jogando com o time alternativo. Voltou agora para o contrato da televisão, já dentro de uma visão de compartilhamento de esforços para melhorarmos o campeonato. Com certeza, com essa união e esse trabalho, buscaremos novos caminhos e o produto vai melhorar”, avaliou.

O presidente da FPF, Hélio Cury, também se disse otimista com os resultados do encontro. “Acredito que foi uma boa reunião, já discutindo o Campeonato Estadual para o ano que vem. O momento está sendo de união e de buscarmos o que é melhor para o futebol do Paraná. Foi dado um passo muito importante e tenho certeza que vamos avançar bastante”, afirmou.

Quem também deixou a reunião com boas expectativas sobre o futebol do Estado foi o presidente do Paraná Clube, Leonardo de Oliveira. “Foi uma excelente reunião. A nossa expectativa é que essa união permaneça. Com certeza, com os clubes trabalhando em conjunto, vamos conseguir fazer o futebol paranaense crescer”, ressaltou.

O vice-presidente do Coritiba, Eduardo Bastos de Barros, exaltou a iniciativa dos clubes. “É uma tentativa de união entre os clubes. A gente precisa disso para ter uma articulação política maior, para tentar valorizar o produto. Um evento como esse só vem para ajudar. Está na hora de todo mundo ver a realidade do futebol. Precisamos estar atentos às transformações e nos adequarmos para tentar tirar o melhor proveito financeiro”, disse.

Para o diretor de futebol do Londrina, Ocimar Bolicenho, o Estado do Paraná dá o primeiro passo para uma mudança necessária no futebol brasileiro. “O entendimento de que os clubes devem buscar soluções em conjunto deveria nortear todas as discussões que envolvem o esporte. A reunião mostrou que todos estão imbuídos deste propósito. Oxalá esse entendimento perdure quando o detalhamento das novidades vier à tona. O Londrina Esporte Clube comunga da ideia de que juntos somos fortes e que sozinhos nada conseguiremos”, destacou.

O Grupo Globo foi representado pelo diretor de Direitos Esportivos, Fernando Manuel Pinto.

Fonte: Athletico-PR